TRADUTOR

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

VIDA DOS SANTOS

SÃO MACÁRIO DE ALEXANDRIA
(297-395)

REFLEXÃO
A oração é a respiração da alma. Mas São Macário nos ensina que a mente e o corpo devem ser dominados antes que a alma esteja livre para orar.

Na juventude, Macário abandonou sua barraca de frutas em Alexandria para se unir ao grande Santo Antão. O patriarca, por um milagre alertado sobre a santidade do discípulo, nomeou-o herdeiro de suas virtudes.

A vida de Macário foi um longo conflito consigo mesmo. "Atormento aquele que me atormenta", respondeu ele a alguém que o encontrava curvado, carregando uma cesta de areia em pleno calor da tarde. "Sempre que estou com preguiça e ocioso, sou importunado por desejos de partir em longa viagem". Quando ficava exausto o bastante, voltava à cela. Como o sono às vezes o dominasse, mantinha vigília por vinde dias e vinte noites; ficando a ponto de desmaiar, entrava na cela e dormia quando lhe dava vontade.

Certo dia, matou um pernilongo que o picara; em vingança por tamanha fraqueza, entrou nu em um pântano até que seu corpo ficasse coberto de picadas peçonhentas e só pela voz o pudessem reconhecer. Uma vez, quando estava sedento, recebeu uvas de presente, mas entregou-as intocadas a um eremita que sufocava por causa do calor. Este, por sua vez, as entregou a um terceiro, que as repassou a um quarto; e assim as uvas deram a volta pelo deserto e retornaram a Macário, que agradeceu a Deus pela abstinência dos irmãos.

Macário via demônio acossando os eremitas enquanto eravam: essas terríveis criaturas tocavam nas bocas de uns para fazê-los bocejar; fechavam os olhos de outros e caminhavam sobre eles quando dormiam; apresentavam imagens vãs e sensuais diante de muitos irmãos, e então zombavam daqueles que acabavam cativados. Ninguém conseguia se livrar com eficácia dos demônios, exceto aquele que, com vigilância constante, repeliu-os a todos de uma só vez.

Macário visitou um eremita todos os dias durante quatro meses, mas nunca podia falar com ele, porque se encontrava sempre em oração; então o chamou de "anjo sobre a terra". Após muitos anos como superior, Macário fugiu escondido para a companhia de São Pacômio, de modo a começar novamente como seu noviço. Porém, São Pacômio, instruído por uma visão, mandou que ele retornasse aos irmãos, os quais o amavam como a um pai.

Na velhice, pensando ter domado a natureza, decidiu passar cindo dias sozinho em oração. No terceiro dia, a cela parecia pegar fogo, e Macário, sem poder livrar-se dos pensamentos acerca das necessidades da vida, enfim se retirou. Deus permitira essa desilusão, dizia ele, para que não fosse enganado pelo orgulho. Aos 73 anso, foi levado para o exílio e brutalmente ultrajado pelos hereges arianos. Faleceu em 395.

Sua festa é no dia 2 de janeiro.
                                                                                         (Vida dos Santos, Alban Butler/Biblioteca Católica. p. 4, 5)






sábado, 19 de fevereiro de 2022

A HUMANIDADE É CAMPEÃ EM FAZER GUERRA, UMA VERGONHA PARA TODOS.

Francisco recordou "os conflitos no Oriente Médio, Síria e Iraque, os da região etíope de Tigrai, e ventos ameaçadores ainda sopra nas estepes da Europa Oriental, acendendo estopins e fogos de armas, gelando os corações dos pobres e inocentes. Enquanto isso, continha o drama do Líbano, que já deixa muitas pessoas sem pão, jovens e adultos perderam a esperança e deixaram aquelas terras".

O Papa Francisco recebeu em audiência, nesta sexta-feira (18/2), na Sala Clementina, no Vaticano, os participantes da plenária da Congregação para as Igrejas Orientais.

Depois de agradecer ao prefeito do organismo vaticano, cardeal Leonardo Sandri, pela saudação e às pessoas que vieram de longe, o Papa recordou o Papa Bento XV, fundador da Congregação para as Igrejas Orientais e do Pontifício Instituto Oriental, no centenário de sua morte, ressaltando que ele afirmou na Encíclica Dei Providentis, que "na Igreja de Jesus Cristo, que não é nem latina, nem grega, nem eslava, mas católica, não há discriminação entre seus filhos e que todos, latinos, gregos , eslavos e outras nacionalidades têm a mesma importância". Francisco disse ainda que Bento XV "denunciou a incivilidade da guerra como 'massacre inútil'. A sua advertência foi ignorada pelos Chefes das Nações envolvidas na Primeira Guerra Mundial. Ignorado foi também o apelo de São João Paulo II para evitar o conflito no Iraque". 

A humanidade retrocede ao tecer a paz
Como neste momento, há tantas guerras por toda parte, este apelo tanto do Papas quando dos homens e mulheres de boa vontade, não é ouvido. Parece que o maior prêmio da paz deve ser dado às guerras: uma contradição. Estamos apegados às guerras: uma contradição. Estamos apegados às guerras. E isso é trágico. A humanidade, que se orgulha de avançar na ciência, no pensamento, em tantas coisas bonitas, retrocede ao tecer a paz. É campeã em fazer guerra. Isto é uma vergonha para todos: devemos rezar e pedir perdão por este comportamento.

A seguir, Francisco recordou "os conflitos no Oriente Médio, na Síria e no Iraque; os da região etíope de Tigrai; e ventos ameaçadores que ainda sopram nas estepes da Europa Oriental, acendendo estopins e fogos de armas, gelando os corações dos pobres e inocentes. Enquanto isso, continua o drama do Líbano, que já deixa muitas pessoas sem pão; jovens e adultos perderam a esperança e deixaram aquelas terras. No entanto, eles são a pátria-mãe das Igrejas Católicas Orientais: ali se desenvolveram, preservando tradições milenares, e muitos de vocês, membros do Dicastério, são seus filhos e herdeiros".

O Papa lembrou que "os católicos orientais vivem em continentes distantes há décadas, cruzaram mares e oceanos e atravessaram planícies. Eparquias já foram estabelecidas no Canadá, Estados Unidos, América Latina, Europa, Oceania e muitas outras são confiadas, pelo menos por enquanto, aos Bispos latinos que coordenam a ação pastoral através dos sacerdotes enviados segundo os procedimentos dos respectivos Chefes das Igrejas, Patriarcas, Arcebispos Maiores ou Metropolitas sui iuris".

"É por isso que seus trabalhos trataram da evangelização, que constitui a identidade da Igreja em todas as suas partes, aliás, a vocação de cada batizado. E para a missão devemos escutar mais a riqueza das várias tradições", disse ainda o Papa.

O percurso sinodal é caminhar juntos.
Ao falar da liturgia, Francisco recordou o percurso sinodal que "não é um parlamento, não é nos dizer opiniões diferentes e depois fazer uma síntese ou uma votação: não".

O percurso sinodal é caminhar juntos sob a orientação do Espírito Santo, e vocês, em suas Igrejas, que têm Sínodos, antigas tradições sinodais, são testemunhas disso. Há o Espírito, na sinodalidade, e quando não há o Espírito na sinodalidade, há apenas um parlamento ou uma pesquisa de opinião, mas não o Sínodo. Esta experiência é o céu na terra, na liturgia acontece isso, como o Oriente gosta especialmente de repetir. Mas a beleza dos ritos orientais está longe de ser um oásis de evasão ou conservação. A assembleia litúrgica se reconhece como tal não porque se convoca, mas porque escuta a voz de um Outro, permanecendo voltada para Ele, e por isso sente a urgência de ir ao irmão e irmã levando o anúncio de Cristo.

O Papa agradeceu aos presentes por seu trabalho nesses dias, "uma oportunidade para se conhecer dentro das comissões litúrgicas das diferentes Igrejas sui iuris" e um convite "para caminhar junto com o Dicastério e seus Consultores, segundo o caminho indicado pelo Concílio Ecumênico Vaticano II". "Podemos nos perguntar", disse ainda o Pontífice, "sobre a possível introdução de edições da liturgia nas línguas dos países onde os fiéis se difundiram, mas na forma da celebração é necessário viver a unidade de acordo com o que foi estabelecido pelo Sínodos e aprovado pela Sé Apostólica, evitando particularismos litúrgicos que, na realidade, manifestam divisões dentro das respectivas Igrejas".

O Papa concluiu, convidando os participantes da plenária a estarem atentos "às experiências que podem prejudicar o caminho rumo à unidade visível de todos os discípulos de Cristo. O mundo precisa do testemunho da comunhão: se escandalizarmos com as disputas litúrgicas, estamos no jogo daquele que é o mestre da divisão". 
Vaticano News.

PAPA FRANCISCO REZA PELAS VÍTIMAS DO NAUFRÁGIO NA COSTA CANADENSE.

Num telegrama, assinado pelo secretário de Estado Vaticano, cardeal Pietro Parolin, Francisco expressa seu pesar às famílias daqueles que perderam a vida no naufrágio de um barco pesqueiro espanhol, ocorrido três dias atrás.

O Papa Francisco enviou um telegrama de pesar ao arcebispo de Santiago de Compostella, dom Julián Barrio Barrio, pelo naufrágio do barco pesqueiro espanhol no Canadá, ocorrido três dias atrás.

"Ao saber da triste notícia do naufrágio do barco pesqueiro Villa de Pitanxo, ocorrido no dia 15 de fevereiro, próximo à costa do Canadá, em que várias pessoas perderam a vida, o Santo Padre expressa suas profundas condolências e sua solidariedade, nesses momentos de aflição", afirma o texto assinado pelo secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin.

O Papa "eleva a Deus suas orações pelo descanso eterno das vítimas e também expressa a sua proximidade às famílias que choram os seus entes queridos". Francisco "encomenda à misericórdia do Senhor e ao cuidado materno da mãe de Deus o povo atingido por este acidente, concedendo a bênção apostólica, como garantia da constante ajuda do altíssimo e sinal de esperança certa na ressurreição".
Vaticano News.

SANTO DO DIA

 SÁBADO - 19 DE FEVEREIRO


SÃO CONRADO DE PLACÊNCIA.

São Conrado era casado e vivia na cidade de Placência, na Itália. Certo dia em que estava caçando lebres e faisões, causou um incêndio acidental que provocou grandes danos. Em seguida, ele fugiu para escapar da justiça. Ao saber que um inocente fora condenado em seu lugar, apresentou-se, confessou sua responsabilidade e ofereceu todos os seus bens para indenizar os prejuízos. Este gesto fez Conrado gastar todo seu dinheiro e ele acabou ficando pobre.

Leia o resto da história acesse www.peregrinusfidei.com

LITURGIA DO DIA

 SÁBADO - 19 DE FEVEREIRO
6ª Semana do tempo comum - ano "C"

Santo do dia

Primeira Leitura: Tiago 3,1-10
1Não queirais todos ser mestres, pois sabeis que estamos sujeitos a mais severo julgamento, 2porque todos nós tropeçamos frequentemente. Aquele que não peca no falar é realmente um homem perfeito, capaz de refrear todo o seu corpo, 3Quando pomos freio na boca dos cavalos, a fim de que nos obedeçam, conseguimos dirigir todo o seu corpo. 4Notai que também os navios, por maiores que sejam, e impelidos por ventos impetuosos, são, entretanto, conduzidos por um pequeno leme para onde que que a vontade do timoneiro os dirija. 5Assim também a língua, embora seja um pequeno membro do corpo, se jacta de grandes feitos! Notai como um pequeno fogo incendeia uma floresta imensa. 6Ora, também a língua é um fogo. Como o mundo do mal, a língua está posta entre os nossos membros maculando o corpo inteiro e pondo em chamas o ciclo da criação, inflamada como está pela geena. 7Com efeito, toda espécie de feras, de aves, de répteis e de animais marinhos é domada e tem sido domada pela espécie humana. 8Mas a língua ninguém consegue domá-la: ela é um mal irrequieto e está cheio de veneno mortífero. 9Com ela bendizemos ao Senhor, nosso Pai, e com ela maldizemos os homens feitos à semelhança de Deus. 10Da mesma boca provêm bênção a maldição. Ora, tal não deve acontecer, meus irmãos.  

SALMO 11
Com certeza, ó Senhor, nos guardareis!
- Senhor, salvai-nos! Já não há um homem bom! Não há mais fidelidade em meio aos homens! Cada um só diz mentiras a seu próximo, com língua falsa e coração enganador.

- Senhor, calai todas as bocas mentirosas e a língua dos que falam com soberba, dos que dizem: "Nossa língua é nossa força! Nossos lábios são por nós! Quem nos domina?"

- As palavras do Senhor são verdadeiras, como a prata totalmente depurada, sete vezes depurada pelo fogo. Vós, porém, ó Senhor Deus, nos guardareis para sempre, nos livrando desta raça.

EVANGELHO
Marcos 9,2-13
O Senhor esteja convosco.
- Ele está no meio de nós.;
Proclamação do Evangelho segundo Marcos.
- Glória a voz Senhor. 

2Seis dias depois, Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João, e os levou, sozinhos, para um lugar retirado sobre uma alta montanha. Ali foi transfigurado diante deles. 3Suas vestes tornaram-se resplandecentes, extremamente brancas, de uma alvura tal como nenhuma lavadeira na terra as poderia alvejar. 4E lhes apareceram Elias, com Moisés, conversando com Jesus. 5Então Pedro, tomando a palavra, diz a Jesus: "Rabi, é bom estarmos aqui. Façamos, pois, três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias". 6Pois não sabia o que dizer, porque estavam atemorizados. 7E uma nuvem desceu, cobrindo com sua sombra. E da nuvem saiu uma voz: "Este é meio Filho amado; ouvi-o". 8E de repente olhando ao redor, não viram mais ninguém; Jesus estava sozinho com eles. 9Ao descerem da montanha, ordenou-lhes que a ninguém contassem o que tinham visto, até quando o Filho do Homem tivesse ressuscitado dos mortos. 10Eles observaram a recomendação perguntando-se o que significaria "ressuscitar dos mortos". 11E perguntando-lhe: "Por que motivo os escribas dizem que é preciso que Elias venha primeiro?" 12Ele respondeu: "Elias certamente virá primeiro, para restaurar tudo. Mas como está escrito a respeito do Filho do Homem que deverá sofrer muito e ser desprezado? 13Eu, porém, vos digo: Elias já veio, e fizeram com ele tudo o que quiseram, como dele está escrito"

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

PAPA FRANCISCO REZA PELAS VÍTIMAS DAS FORTES CHUVAS EM PETRÓPOLIS.

No telegrama, o Santo Padre pede ao bispo de Petrópolis, Dom Gregório Paixão Neto, para "transmitir às famílias das vítimas as suas condolências e a sua participação na dor de todos os enlutados ou despojados de seus haveres".

O Papa Francisco enviou um telegrama de pesar ao bispo de Petrópolis, dom Gregório Paixão Neto, pelas vítimas do temporal, na última terça-feira (15/02), que causou até agora 120 mortos. Segundo a Polícia Civil, foram feitos 116 registros de desaparecimentos, mas não se sabe quantos desses já foram encontrados.

O texto, assinado pelo secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, afirma que "ao tomar conhecimento com profundo pesar das trágicas consequências do deslizamento de terras nessa cidade", o Santo Padre "confia ao senhor bispo transmitir às famílias das vítimas as suas condolências e a sua participação na dor de todos os enlutados ou despojados de seus haveres. Pedindo a Deus Pai de misericórdia eterno repouso para os falecidos, conforto para os sinistrados aos quais deseja pronto restabelecimento e serenidade e consolação da esperança cristã para todos os atingidos pela dolorosa provação, envia a quantos estão em sofrimento e a quantos procuram aliviá-lo propiciadora bênção apostólica".
Vaticano News.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2022

SANTO DO DIA

 QUINTA-FEIRA 17 DE FEVEREIRO

OS SETES FUNDADORES DAS ORDEM DOS SERVITAS

Durante os séculos XII e XIII aconteceu na Europa uma enorme perda dos valores cristão entre a sociedade civil e entre os religiosos. Em reação contrária surgiram um grande número de confrarias voltadas para a penitência. Através delas os leigos buscavam viver o evangelho, opondo-se à ganância, ao luxo, aso prazeres passageiros e à busca pelo poder. Algumas dessas ordens se tornaram bem conhecidas. Uma delas, porém, espalhou-se por muitos países: a "Ordem dos Servos de Maria", ou Servitas. 

CONHEÇA O RESTANTE DA HISTÓRIA
   


LITURGIA DO DIA

 QUINTA-FEIRA 17 DE FEVEREIRO
6ª Semana do Tempo Comum - Ano "C"
Cor Litúrgica: VERDE

Santo do dia


1ª Leitura: Tiago 2,1-9
1Meus irmãos, a vossa fé em nosso Senhor Jesus Cristo glorificado não deve admitir acepção de pessoas. 2Assim, pois, se entrarem em vossa reunião duas pessoas, uma trazendo um anel de ouro, ricamente vestida, e a outra pobre, com suas roupas sujas, 3e derdes atenção ao que se traja ricamente e lhe disserdes: "Senta-te aqui neste lugar confortável", enquanto dizeis ao pobre: "Tu, fica em pé ai", o então: "Senta-te aí abaixo do estrado dos meus pés", 4não estais fazendo em vós mesmos uma discriminação? Não vos tornais juízes com raciocínios criminosos? 5Atentai para isto, meus amados irmãos: Não escolheu Deus o pobres em bens deste mundo para serem ricos na fé e herdeiros do Reino que prometeu aos que o amam? 6E, no entanto, vós desprezais o pobre! Ora, não são os ricos que vos oprimem, os que vos arrastam aos tribunais? 7Não são eles os que blasfemam contra o nome sublime que foi invocado sobre vós? 8Assim, se cumpre a Lei régia segundo a Escritura: "Amarás o teu próximo como a ti mesmo", estais agindo bem. 9Mas se fazeis acepção de pessoas, cometeis um pecado e incorreis na condenação da Lei como transgressores.

SALMO 33
Este infeliz gritou a Deus e foi ouvido.
- Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, seu louvo estará sempre em minha boca. Minha alma se gloria no Senhor; que ouçam os humildes e se alegrem!
- Comigo engrandecei ao Senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu nome! Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, e de todos os temores me livrou.
- Contemplai a sua faze e alegrai-vos, o e vosso rosto não se cubra de vergonha! Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, e o Senhor o libertou de toda angústia.

Evangelho: MARCOS 8, 27-33
O Senhor esteja convosco
- Ele está no meio de nós
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos
- Glória a vos Senhor.

27Jesus partiu com seus discípulos para os povoados de Cesaréia de Filipe e, no caminho perguntou a seus discípulos: "Quem dizem os homens que eu sou?" 28Responderam-lhe: "João Batista; outros, Elias; outros ainda, um dos profetas". - 29"E vós, perguntou ele, quem dizeis que eu sou?" Pedro respondeu: "Tu és o Cristo". 30Então proibiu-os severamente de falar a alguém a seu respeito. 31E começou a ensinar-lhes: "O Filho do Homem deve sofrer, ser rejeitado pelos anciãos, pelos chefes dos sacerdotes e pelos escribas, ser morto e, depois de três dias, ressuscitar". 32Dizia isso abertamente. Pedro, chamando-o de lado, começou a recrimina-lo. 33Ele, porém, voltando-se e vendo seus discípulos, recriminou a Pedro, dizendo: Afasta-te de mim, Satanás, porque não pensas as coisas de Deus, mas as dos homens!"

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

VIDA DOS SANTOS

SÃO FULGÊNCIO
(460-533)
REFLEXÃO
Que cada anos nos traga novas mudanças e provações. Aprendemos com São Fulgêncio a receber tudo o que nos acontece como vindo da mão do próprio Deus e arquitetado para nossa salvação.

Apesar dos problemas familiares e da delicada saúde, Fulgêncio foi nomeado muito cedo como procurador de sua província em Cartago. Tal sucesso, no entanto, não lhe satisfazia o coração. Arrecadar impostos se provava a cada dia uma tarefa mais ingrata, e, quando tinha 22 anos, o tratado de Santo Agostinho sobre os Salmos o convenceu a ingressar na religião.

Após seis anos vividos em paz, seu mosteiro foi atacado por hereges arianos, e Fulgêncio acabou destotuído e banido para o deserto. Buscava agora a solidão no Egito, porém, encontrando este país também em crise cismática, dirigiu seus passos para Roma. Lá os esplendores da corte imperial, por maiores que fossem, eram apenas um símbolo da glória superior de Jerusalém celeste, e, na primeira trégua na perseguição, Fulgêncio voltou a buscar sua cela africana.

Eleito bispo em 508, foi convocado a encarar novos perigos, sendo logo banido para a Sardenha pelo rei ariano Trasimundo, junto a 59 prelados ortodoxos. Embora fosse o mais jovem dos exilados, tornou-se imediatamente porta-voz de seus irmãos e suporte de seus rebanhos. Fosse em livros, fosse em cartas - que sobreviveram até hoje - confundiu os heresiarcas pelagianos e arianos e conferiu a crisma aos católicos na África e Gália. 

Um sacerdote ariano traiu Fulgêncio junto aos númidas e ordenou que ele fosse flagelado - o que acabou se realizando. Arrancaram-lhe o cabelo e barba e o deixaram nu, com o corpo tão desfigurado que mais se assemelhava a uma imensa chaga sangrenta. Mesmo bispo ariano se envergonhou dessa brutalidade, e se dispôs a punir o sacerdote, caso o santo o processasse legalmente. Porém, Fulgêncio respondeu: "Um cristão não deve buscar vingança neste mundo. Deus sabe como fazer justiça a Seus servos. Se eu levasse a punição humana a esse sacerdote, perderia meu prêmio junto a Deus. Ademais, seria um escândalo para muitos pequeninos que um católico e monge, por mais indigno que seja, busque a compensação de um bispo ariano". 

Como a morte de Trasimundo, os bispos retornaram a seus rebanhos, e Fulgêncio, reestabelecendo a disciplina em sua sé, retirou-se para um mosteiro em uma ilha, onde após se preparar por um ano, faleceu em paz, em 533. 

Sua festa é no dia 1 de janeiro.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

LITURGIA DO DIA

SEGUNDA-FEIRA 14 DE FEVEREIRO
6ª Semana do Tempo Comum - Ano "C" 
Cor Litúrgica: VERDE

Santo do Dia

Primeira Leitura: Tiago 1,1-11
1Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos da Dispersão: saudações! 2Meus irmãos, tende por motivo de grande alegria o serdes submetidos a múltiplas provações, 3pois sabeis que a vossa fé, bem provada, leva à perseverança; 4mas é preciso que a perseverança produza uma obra perfeita, a fim de serdes perfeitos e íntegros sem nenhuma deficiência. 5Se alguém dentre vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a concede generosamente a todos, sem recriminação, e ela ser-lhe-á dada, 6contando que peça com fé, sem duvidar, porque aquele que duvida é semelhante às ondas do mar, impelidas e agitadas, pelo vento. 7Não pense tal pessoa que vai receber alguma coisa do Senhor, 8dúbio e inconstante como é em tudo o que faz. 9Glorie-se o irmão de humildade condição na sua exaltação, 10mas o rico na sua humilhação, porque passará como a flor da erva. 11Com efeito, basta que surja o sol com o seu calor e logo seca e erva e sua flor cai e desaparece a beleza do seu viço! Eis como acabará por perecer o rico no meio dos seus negócios! 12Bem-aventurado o homem que suporta com paciência a provação! Porque, uma vez provado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu aos que o amam. 13Ninguém, ao ser tentado, deve dizer: "É Deus que me está tentando", pois Deus não pode ser tentado pelo mal e a ninguém tenta. 

SALMO 118
Venha a mim o vosso amor e viverei.

- Antes de ser por vós provado, eu me perdera; mas agora sigo firme em vossa lei!

- Porque sois bom e realizais somente o bem, ensinai-me a fazer vossa vontade!

- Para mim foi muito bom ser humilhado, porque assim eu aprendi vossa vontade!

- A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata.

- Sei que os vossos julgamentos são corretos e com justiça me provastes, ó Senhor!

- Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes. 

EVANGELHO
Marcos 8,11-13

O Senhor esteja convosco
- Ele está no meio de nós
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
- Glória a Vós Senhor

11Saíram os fariseus e começaram a discutir com ele. Para pô-lo à prova, pediam-lhe um sinal vindo do céu. 12Suspirando profundamente em seu espírito, ele disse: "Por que esta geração procura um sinal? Em verdade vos digo que a esta geração nenhum sinal será dado". 13E deixando-os, embarcou de novo e foi para a outra margem. 

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

PALAVRAS DO PAPA FRANCISCO

Ela tinha se exposto ao risco de causar uma má impressão, mas ela insistiu, e do paganismo e da idolatria ela encontrou saúde para sua filha e para ele encontrou o Deus vivo. Este é o caminho de uma pessoa de boa vontade, que busca Deus e o encontra. O Senhor a abençoa, Quantas pessoas fazem este cominho e o Senhor espera por elas! Mas é o próprio Espírito Santo que as leva adiante para fazer este caminho. Todos os dias, na Igreja do Senhor, há pessoas que fazem este caminho, silenciosamente, para encontrar o Senhor, porque se deixam levar pelo Espírito Santo.  

SANTO DO DIA

 QUINTA-FEIRA 10 DE FEVEREIRO

SANTA ESCOLÁSTICA

Conheça sua história:
 

LITURGIA DO DIA

QUINTA-FEIRA 10 DE FEVEREIRO 

5ª Semana do Tempo Comum - Ano "C"
Cor Litúrgica: Verde

Santo do Dia

1ª Leitura: 1Reis 11,4-13
4Quando ficou velho, suas mulheres desviaram se coração para outros deuses e seu coração não foi mais todo de Iahweh, seu Deus, como o fora o de Davi, seu pai. 5Salomão prestou culto a Astarte, deusa dos sidônios, e a Melcom, a abominação dos amonitas. 6Fez o mal ao olhos de Iahwen e não lhe foi fiel plenamente, como seu pai Davi. 7Foi então que Salomão construiu um santuário para Camos, a abominação de Moab, na montanha a leste de Jerusalém, e para Melcom a abominação dos amonitas. 8Fez o mesmo para todas as suas mulheres estrangeiras, que ofereciam incenso e sacrifícios aos seus deuses. 9Ianweh irritou-se contra Salomão, porque seu coração de desviara de Iahwen, Deus de Israel, que lhe aparecerá duas vezes 10e que lhe havia proibido expressamente que seguisse outros deuses, mas ele não obedeceu ao que Iahweh lhe ordenara. 11Então Iahweh disse a Salomão: "Já que procedeste assim e não guardaste minha aliança e as prescrições que de dei, vou tirar-te o reino e dá-lo a um de teus servos. 12Todavia, não o farei durante tuda vida, por consideração para com teu pai Davi; é da mão de teu filho que o arrebatarei. 13Nem lhe tirarei o reino todo, mas deixarei ao teu filho uma tribo, por consideração para com o meu servo Davi e para com Jerusalém, que escolho".
**

SALMO 105
Lembrai-vos, ó Senhor, de mim lembrai-vos, segundo o amor que demonstrais ao vosso povo!
- Felizes os que guardam seus preceitos e praticam a justiça em o todo o tempo! Lembrai-vos, ó Senhor, de mim, lembrai-vos, pelo amor que demonstrais ao vosso povo!

- Misturaram-se, então, com os pagãos, e aprenderam seus costumes depravados. Aos ídolos pagãos prestaram culto que se tornaram armadilha para eles.

- Pois imolaram até mesmo os próprios filhos, sacrificaram suas filhas aos demônios. Acendeu-se a ira de Deus contra o seu povo, e o Senhor abominou a sua herança.
**

EVANGELHO
Marcos 7,24-30
O Senhor Esteja Convosco
- Ele Está no meio de nós
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
- Glória a Vós Senhor

24Saindo dali, foi para o território de Tiro. Entrou numa casa e não queria que ninguém soubesse, mas não conseguiu permanecer oculto. 25Pois logo em seguida, uma mulher cuja filha tinha um espírito impuro ouviu falar dele, veio e atirou-se a seus pés. 26A mulher era grega, siro-fenícia de nascimento, e lhe rogava que expulsasse o demônio de sua filha. 27Ele dizia: "Deixa que primeiro os filhos se saciem porque não é bom tirar o pão dos filhos e atirá-los aos cachorrinho"28Ela, porém, lhe respondeu: "É verdade, Senhor; mas também os cachorrinhos comem, debaixo da mesa, as migalhas das crianças". 29E ele disse-lhe: "Pelo que disseste, vai: o demônio saiu da tua filha"30Ela voltou para casa e encontrou a criança atirada sobre a cama. E o demônio tinha ido embora.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

SANTO DO DIA

SEXTA-FEIRA 4 DE FEVEREIRO

SÃO JOSÉ DE LEONISSA 

PALAVRAS DO PAPA FRANCISCO

Por detrás desses personagens está satanás, semeador de ódio na mulher, semeador de vaidade na moça, semeador de corrupção no rei. E o "maior homem nascido de uma mulher" acabou sozinho, em uma cela escura da prisão, por capricho de uma dançarina vaidosa, o ódio de uma mulher diabólica e a corrupção de um rei indeciso. É um mártir, que deixou sua vida diminuísse, diminuísse, diminuísse, para dar lugar ao Messias.

LITURGIA DO DIA

 SEXTA-FEIRA 04 DE FEVEREIRO 

4ª Semana do Tempo Comum - Ano "C"
Cor Litúrgica: Verde

Santo do dia

1ª Leitura: Eclesiástico 47,2-13
2Como se separa a gordura para o sacrifício de comunhão, assim Davi foi escolhido entre os filhos de Israel. 3Brincou com o leão como com um cabrito, com o urso como um cordeiro. 4Jovem ainda, não matou ele o gigante e tirou a humilhação do povo, lançando com a funda a pedra que abateu a arrogância de Golias? 5Porque ele invocou o Senhor Altíssimo, que deu forças à sua direita para derrubar um valente guerreiro e exaltar o vigor de seu povo. 6Como se fosse dez mil, glorificaram-no e cantaram-no nas bênçãos do Senhor, oferecendo-lhe uma coroa de glória. 7Porque ele destruiu os inimigos em todo o redor, aniquilou os filisteus seus adversários, quebrando para sempre o seu vigor. 8Em todas as suas obras ele rendeu homenagem ao Santo Altíssimo com palavras de glória; cantou de coração, mostrando seu amor por seu Criador. 9Colocou diante do altar tocadores de harpa, a fim de tornar doce a melodia de seus cânticos; 10deu esplendor às festas, um brilho perfeito às solenidades, fazendo louvar o santo nome do Senhor, fazendo ressoar o santuário desde o amanhecer. 11O Senhor apagou as duas faltas, elevou o seu poder para sempre, concedeu-lhe uma aliança real, um trono glorioso em Israel. 12Sucedeu-lhe um filho sábio, o qual, graças a ele, viveu feliz. 13Salomão reinou em um tempo de paz e Deus lhe concedeu tranquilidade nos arredores, a fim de que construísse uma casa para o seu nome e preparasse um santuário eterno. 
 
SALMO 17
Louvado seja Deus, meu Salvador!
- São perfeitos os caminhos do Senhor, sua palavra é provada pelo fogo; nosso Deus é um escudo poderoso para aqueles que a ele se confiam.
- Viva o Senhor! Bendito seja o meu Rochedo e louvado seja Deus, meu Salvador! Por isso, entre as nações, vos louvarei, cantarei salmos, ó Senhor, ao vosso nome.
- Concedeis ao vosso rei grandes vitórias e mostrais misericórdia ao vosso Ungido, a Davi e à sua casa para sempre.

EVANGELHO
Marcos 6,14-29
O Senhor esteja convosco
Ele está no meio de nós
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos
- Glória a voz Senhor

14E o Rei Herodes ouviu falar de Jesus. Com efeito, seu nome se tornara célebre, e diziam: "João Batista foi ressuscitado dos mortos, e por isso os poderes operam através dele", 15Já outros diziam: "É Elias". E outros ainda: "É um profeta como um dos profetas". 16Herodes ouvindo essas coisas, dizia: "João, que eu mandei decapitar foi ressuscitado". 17Herodes, com efeito, mandara prender João e acorrentá-lo no cárcere, por causa de Herodíades, a mulher de seu irmão Filipe, pois ele a desposara 18e, na ocasião, João dissera a Herodes: "Não te é lícito possuir a mulher de teu irmão". 19Herodíades então se voltou contra ele e queria matá-lo, mas não podia, 20pois Herodes tinha medo de João e, sabendo que ele era um homem justo e santo, o protegia. E quando o ouvia, ficava muito confuso e o escutava com prazer. 21Ora, chegou um dia propício: Herodes, por ocasião do seu aniversário, ofereceu um banquete aos seus magnatas, aos oficiais e às grandes personalidades da Galiléia. 22E a filha de Herodíades entrou e dançou. E agradou a Herodes e aos convivas. Então o rei disse à moça: "Pede-me o que bem quiseres , e te darei". 23E fez um juramento: "Qualquer coisa que me pedires eu te darei, até a metade do meu reino!" 24Ela saiu e perguntou à mãe: "O que é que eu peço?" E ela respondeu: "A cabeça de João Batista".   

Pesquisar este blog

Páginas